NOVIDADES

Julho Amarelo: Prevenção da Hepatite Viral

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Compartilhe
Share on email
Julho Amarelo: Prevenção da Hepatite Viral

Em 2010, a Organização Mundial da Saúde (OMS) instituiu o Dia Mundial de Combate à Hepatite Viral. Em 2018, o Senado Federal aprovou a criação do Julho Amarelo, campanha que visa reforçar iniciativas de combate à hepatite viral.

 

O que é hepatite?

Hepatite é uma inflamação no fígado que pode ser aguda ou crônica e pode ser causada por vários vírus ou pelo uso de drogas, álcool e outras substâncias tóxicas. A hepatite crônica pode evoluir para doenças que causam danos mais graves como cirrose e câncer.

 

Quais são os sintomas?

Muitas das hepatites virais são silenciosas, no entanto, você pode apresentar: tontura, náusea/vômito, dor abdominal, pele amarela e olhos, urina escura.

Os sintomas podem variar de acordo com o tipo de hepatite.

 

Quais são os tipos e causas da hepatite viral?

Cada tipo de hepatite é causada por um vírus diferente, classificado em A, B, C, D e E. A mais comum no Brasil são os subtipos A, B e C.

Vejamos um pouco mais sobre as características dos subtipos A, B e C.

 

Hepatite A

Sua transmissão é fecal-oral podendo ocorrer através do contato entre indivíduos, alimentos ou água contaminados, estando fortemente ligado às condições básicas de saneamento e higiene.

É curável, e desde 2014 sua vacina está no calendário de vacinação do SUS.

 

Hepatite B

Sua transmissão é principalmente através de fluidos corporais como sangue, sêmen e leite materno – pode ser transmitida de mãe para filho (durante a gravidez e amamentação, através da relação sexual sem o uso de preservativos.

A vacinação contra hepatite B é indicada para pessoas de todas as faixas etárias.

 

Hepatite C

Sua transmissão é principalmente por sangue contaminado, porém também pode ser transmitida de mãe para filho durante a gravidez, durante o contato sexual.

Não há vacina contra essa doença, no entanto, a hepatite C é uma das doenças crônicas que podem ser curadas.

 

 

VACINAS são SEGURAS e EFICAZES!

Últimas Novidades

Quero falar

com um consultor

Quero receber
uma ligação

de um consultor

QUERO FALAR

com um consultor

QUERO RECEBER
UMA LIGAÇÃO

de um consultor